Carta ao Cristiano

Caro Cristiano Ronaldo, confesso que é estranho poder estar dirigir-me, em forma de carta, a um aeroporto e a uma pessoa ao mesmo tempo. Desculpa-me, para mim é estranho (é a primeira vez que me acontece, talvez se entranhe, não sei..) E sim, Cristiano, é mesmo para ti, o ser humano, a pessoa, o futebolista, o ícone das massas, o melhor do mundo, o goleador, o campeão da Europa, o Comendador a quem me dirijo.
Ceremony-at-Madeira-Airport-to-rename-it-Cristiano-Ronaldo-Airport
Ainda não escrevo para aeroportos, nem tão pouco para bustos ou estátuas…ainda. E também não te vou chamar de CR7 ou CR(NÚMEROQUEQUISERES) que mais me parece a designação de um carro da Honda, ou de um qualquer outro construtor japonês. Cristiano, como futebolista, para mim és muito mais parecido com GT musculado do que com um CRX, CRV, um FR ou até um M3SSI. Quanto a isso estamos conversados, (graças a Deus, és português). Não resisto, porém, em confessar-te que seria giro o headline “CR7 buys CRV”. Se eu fosse a Honda, enfim, contratava-te. Não me leves a mal, já estou a divagar, mas sou teu fã. Que fique claro.

Escrevo-te porque admiro a tua coragem, persistência e essa tua propensão para dar o corpo às balas. Tu e só tu és tão ubíquo..mais do que tu, só o presidente Marcelo. Mas, chega de rodeios, vamos ao que interessa.

Tu, Cristiano, aceitaste que o teu nome fosse usado para aquilo que os portugueses fazem pior: dar nomes a aeroportos.

Para nós portugueses, os nomes dos aeroportos são como os filmes de terror: há sempre uma sequela. O Sá Carneiro não teve essa sorte: a de poder dizer que não. Se ele nos estiver a ler, aproveito para dizer que espero que tenha conseguido superar a urticária (ou a comichão como a tua caspa, lembras-te? Ou já não usas Linic? Se usasses estavas como eu, por isso não deves usar). Dar o nome a um aeroporto de uma pessoa que morreu num desastre aéreo seria de génio…só que não é, é só apenas mau e mórbido. No teu caso, perdeste a oportunidade de seres maior do que tu próprio. Ser imortal no gesto e na grandiosidade. (Quem é o teu assessor?!) Lamento dizer-te, com isto a tua ilha ficou mais pequena. Para o mundo, aquele pedaço de terra em mar plantado, é cada vez mais a Madeira do Ronaldo. E não o Ronaldo da Madeira. (Quem concorda, diga pois). É pena.

Sabes, eu adoro futebol, adoro ver os teus golos e a personalidade afirmativa e insaciável que tens em campo, e por isso te digo que para mim, para mim grandioso era ler que deste a oportunidade a outro que merece mais.

A notícia diria: “Cristiano Ronaldo escolhe o nome de João Gonçalves Zarco para o aeroporto do Funchal”. Estou certo que o Tristão e o Bartolomeu também não se importariam de partilhar essa honra. Era uma honra, era uma homenagem e era simbólico.Era um golo daqueles, uma visão de um passado que queremos vivo do qual serias porta-voz .

Mas, não. Eu compreendo, “é marketing” (detesto esta expressão, porque só diz isto quem não sabe o que é marketing). Não, não é marketing. É outra coisa. É falhar um golo à boca da baliza. É ver a oportunidade passar ao lado. Lá no fundo, sempre me pareceu que querias recusar ou fugir a veres o teu nome dado a um aeroporto. Eu sei que é difícil para um português dizer que não e que de “nim, em nim” vamos empatando. Cristiano o que te caracteriza é não seres de empates e também já não precisas fazer fretes. (Eu só gostava de saber é de quem foi a ideia),

Como isto não era suficiente, constatamos que Madeira não é um bom sítio para bustos e estátuas.

Cristiano, digo-o a gritar, sim (!), com exaltação “O QUE É AQUILO, PÁ?”.

Dou-te a liberdade para acrescentares o vernáculo que quiseres ao meu texto, porque todas as palavras más que conheço se aplicam àquele busto, que é somente agora o busto mais conhecido do mundo, pelos piores motivos, sem qualquer valor artístico. Se o nome do aeroporto Sá Carneiro é o Freddy Krueger, o pesadelo em Elm Street, dos nomes, a tua estátua e o teu busto, são seguramente o Jason e o Sexta-feira 13. Quando pensamos que o pesadelo terminou e que é impossível ir mais fundo, descobrimos que afinal não. Se o Jason, o vilão da máscara de hóquei, é de uma “longevidade impressionante” (como li algures), o que dizer das tuas estátuas! (Ninguém deita aquilo abaixo?) Nem um Edvard Munch teria coragem de fazer o seu “grito” tão assustador como aquele busto. Cristiano, e que tal dizer que não? Eu pagava, eu PAGAVA para aquilo não existir.

cristiano-ronaldo-portugal-airport-statue.jpg

Quem é que escolhe aqueles escultores? Diz-me! Como diria a minha mãe “Deus venha cá em baixo ver isto”.

No início, confesso, tem piada, mas depois é só bacoco e trabalho de índole duvidosa. Pior, a malta vai querer tirar selfies àquilo. Não te chegou a estátua? Em que nem sequer pareces ser tu? E porque raio (sim, isto enerva-me) na estátua estás com os ombros para a frente a olhar para baixo (em pose de derrota), e braços em baixo, quando na verdade festejas o golo com uma linguagem corporal aberta de vencedor? Vês onde isto chegou? Para falar de comunicação, uso a tua estátua como mau exemplo! Não devia ser o oposto?

Cristiano-Ronaldo-Statue-002-800x963

Cristiano quem é que  te aconselha? Podes dizer-me?

Por fim, queria terminar dizendo-te que até aceito o teu argumento de que preferes que as homenagens sejam feitas em vida. Mas, sabias que o Arnold Schwarzenegger já teve (reforço o teve) um estádio com o seu nome? Não te parece assim demasiado cedo? Pior que não ter nome, é deixar de ter. Já pensaste nisso? Ainda tens tanto para viver, tanto para vencer, tanto para errar… Não te faz confusão esta pressa? A mim faz. E não é por ti.  Simplesmente parece assim…vazio de sentido, tal como o museu, que tem nome de museu, mas que é uma sala de troféus. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, independentemente do nome que lhe dermos.

Assim, porque a conversa já vai longa, me despeço, sem me esquecer de que sempre celebraste em português, ao contrário de outros. Isso sim, ninguém te pode tirar, isso sim, tal como a tua determinação, é de valor. Não és só madeirense, és português, com ou sem aeroportos, com ou sem golos. E tens orgulho nisso. Isso sim basta-me.

 

imagem 1: http://i2.mirror.co.uk/incoming/article10121353.ece/ALTERNATES/s615b/Ceremony-at-Madeira-Airport-to-rename-it-Cristiano-Ronaldo-Airport.jpg

imagem 2 https://timedotcom.files.wordpress.com/2017/03/cristiano-ronaldo-portugal-airport-statue.jpg?w=1100&quality=85

imagem 3 http://www.thefashionisto.com/wp-content/uploads/2014/12/Cristiano-Ronaldo-Statue-002-800×963.jpg

imagem 4 http://images.performgroup.com/di/library/GOAL/46/2f/cristiano-ronaldo-statue-madeira-airport_j5t8v9e1dqz91f4q9axo3hnov.jpg?t=435291587

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s